Linha de Apoio: 800 50 60 66 das 9h00 às 19h00
Nossos Balcões

Unicâmbio: 29 anos dedicados à moeda

2021-10-04
No blog da Unicâmbio temos procurado ajudá-lo a encontrar as melhores soluções para os desafios do seu dia-a-dia. Seja com dicas sobre como vender ouro ou de como preparar a sua próxima viagem  ou até com os cuidados a ter quando pensar fazer obras em casa.

Como sempre fazemos questão de referir – a razão da existência da Unicâmbio são os clientes, a quem dedicamos o nosso trabalho e a nossa atenção.

Por isso, a partir de hoje, vamos dar a conhecer o nosso percurso e a nossa história. Sabia que a Unicâmbio começou há quase 30 anos?

Acompanhe a nossa história ao longo das próximas linhas, numa curta viagem ao nosso passado.

Câmbio de Moedas


A Unicâmbio começou a sua atividade 1992, no dia 14 de novembro. Tínhamos dois postos de câmbio de moedas, nos acessos à ponte sobre o Rio Guadiana em Monte Francisco.

Nessa altura, ainda não nos chamávamos Unicâmbio. Éramos a Agência de Câmbios do Sul. A ideia de negócio era simples: de um lado vendíamos escudos, comprando aos turistas moedas como pesetas, francos franceses e marcos alemães, no outro, comprávamos escudos, vendendo as moedas estrangeiras – principalmente pesetas!

Crescer para a Madeira e mudar para Unicâmbio


Os primeiros passos foram muito positivos, em virtude da confiança que nos foi sendo dada pelos nossos clientes. Estávamos a crescer e demos início à nossa expansão.

Primeiro ainda na região do Algarve e, depois, para a Madeira. Em 1995, com a abertura dos primeiros balcões no Funchal, deixámos de ser a Agência de Câmbios do Sul para sermos a Unicâmbio. Estava feita a mudança e criada uma marca que, desde então, tem estado ao lado dos clientes que nos obrigaram a inovar para os melhor servir.

Com balcões no Algarve e Madeira, a Unicâmbio estava dependente do turismo. Com portugueses a viajar para todos os países da Europa, era preciso encontrar uma solução que os pudesse valer. Continue connosco e saiba o que mudou.

Apoiar quem trabalha

Não é surpresa para ninguém que Portugal é um país de emigrantes. Espanha, França, Alemanha, Luxemburgo, Suíça sempre receberam milhares de portugueses que deixaram o seu país de origem à procura de uma vida melhor.

Apesar da moeda única europeia ser uma ideia antiga, a sua concretização ainda estava longe. Com o turismo aprendemos a dar ouvidos aos nossos clientes e tínhamos de ajudar quem fazia a sua vida no estrangeiro. Foi em 1997 que a Unicâmbio decidiu abrir um balcão junto à fronteira de Vilar Formoso.

Tínhamos a oportunidade de prestar os nossos serviços de câmbio a quem mais precisava: os nossos emigrantes, mas também aos camionistas.

Embora estivéssemos a crescer, resultado da forte confiança dos nossos clientes no serviço da Unicâmbio, a viragem do milénio trouxe muitas alterações. Fique atento ao nosso blog, em breve vamos contar-lhe quais foram essas mudanças e como revolucionaram a Unicâmbio!