Linha de Apoio: 800 50 60 66 das 9h00 às 19h00
Nossos Balcões

5 dicas para vender ouro de forma rápida e segura

2021-02-17
Quer vender ouro que já não utiliza? Quer saber quanto vale o seu ouro? Na Unicâmbio damos-lhe todas as repostas. Avaliação gratuita!

Tem peças de ouro ou prata que já não utiliza e não sabe o que fazer com elas? Quer saber quanto vale o ouro que tem em casa ou como vender ouro em segurança? Se tem estas ou outras dúvidas, então está no sítio certo. Na Unicâmbio damos-lhe todas as respostas para poder tomar uma decisão informada.

Somos uma entidade financeira com mais de 25 anos e temos licença atribuída pela Imprensa Nacional Casa da Moeda – Contrastaria de Lisboa.

Nas lojas Unicâmbio vai poder vender ouro e prata de forma rápida, segura e transparente. Os nossos profissionais são a melhor ajuda que vai encontrar, para saber quanto vale o ouro que tem em casa e, principalmente, quanto vai receber.

Tudo começa com uma simples avaliação de ouro! Um passo que a Unicâmbio faz questão de oferecer a todos os clientes. Mesmo que opte por não vender as peças de ouro, terá sempre direito a uma avaliação gratuita.

Neste guia passo a passo vamos explicar-lhe todo o processo para que possa vender ouro de forma segura e esclarecida.

1. Como posso vender o meu ouro?

Tudo começa com uma avaliação gratuita ao ouro que apresentar numa das mais de 40 lojas Unicâmbio distribuídas pelo País. O processo é simples e pode fazer aqui mesmo a marcação para a hora e local que mais lhe convém. Basta preencher os campos do nosso formulário. Antes, porém, aconselhamo-lo a saber tudo o que precisa para vender o seu ouro.

Qualquer pessoa pode vender ouro? (requisitos)

A Unicâmbio só permite a venda de peças de ouro a cidadãos com idade superior a 18 anos.

Tenho de apresentar algum documento para vender ouro?

Qualquer pessoa que se desloque a uma loja Unicâmbio para vender ouro terá de se fazer acompanhar de um documento de identificação válido (Cartão de Cidadão; Passaporte; Título de Residência Nacional; Bilhete de identidade de qualquer país da União Europeia) e também um comprovativo de residência pessoal (exemplo: fatura de um serviço como água ou eletricidade) com menos de três meses.

Que tipo de artigos em ouro posso vender?

O nosso compromisso é comprar ouro usado, quer esteja em bom estado ou danificado. Compramos todo o tipo de artigos em ouro de ourivesaria e joalharia, como fios, brincos, colares, cordões, medalhas, anéis, pendentes e muitos, muitos outros.

Posso vender qualquer peça de ouro?

Sim, a Unicâmbio compra toda e qualquer peça usada de ouro ou prata.

Se eu tiver pedras preciosas, brilhantes ou diamantes, posso vender?

Não, as pedras preciosas, brilhantes ou outros artefactos não são comprados. Se pretender, pode sempre optar por retirá-los e vendê-los separadamente.

Agora que já conhece os passos necessários para vender ouro ou prata, é chegado o momento de saber onde estamos para que possa escolher a loja mais próxima.

2. Onde me devo dirigir para vender o meu ouro?

Para vender ouro em segurança, colocamos à disposição uma rede de 48 balcões distribuída por todo o país. Pode consultar a lista completa das nossas lojas aqui ou, se preferir, descobrir qual a Unicâmbio mais próxima com a simples introdução do código postal da sua zona de residência.

Encontre o Balcão mais próximo de si

OU

Balcões Unicâmbio

As lojas Unicâmbio garantem a minha privacidade?

Todos os balcões da Unicâmbio estão preparados para receber os clientes em segurança. Proporcionamos um acolhimento discreto e sigiloso, para que se sinta o mais confortável possível ao vender as peças de ouro.

Como garantem a segurança quando quero vender ouro?

As lojas da Unicâmbio são locais seguros. Todas têm um sistema de videovigilância que garante a proteção mais adequada tanto às nossas equipas como a quem nos visita.

Respondidas as dúvidas sobre como e onde vender os artigos de ouro e prata, importa agora esclarecer todas as questões relacionadas com o valor das peças. Confira de seguida os critérios de avaliação, a valorização do ouro e outros detalhes importantes para fazer o melhor negócio de forma mais informada possível.

3. Quanto vale o ouro que quero vender?

O valor das peças de ouro e de prata pode variar devido a diversos fatores. Na Unicâmbio, o processo de valorização dos artigos é simples, rigoroso e sujeito a critérios bem definidos. Conheça melhor todo este processo.

O que influencia o valor das peças de ouro?

A avaliação gratuita de ouro e prata feita pelas equipas da Unicâmbio obedece a critérios objetivos: peso, qualidade/pureza do ouro e símbolo da contrastaria.

Critérios subjetivos como a antiguidade ou histórico de proprietários não são relevantes para uma avaliação rigorosa das peças de ouro ou prata.

Outro pormenor a ter em conta: brilhantes, pedras preciosas e outros artefactos não são considerados para a avaliação. A Unicâmbio avalia apenas o ouro ou a prata.

O que é a contrastaria?

É a marca que assegura a qualidade do metal precioso. O símbolo difere em função do tipo de metal: ouro, prata, platina ou paládio. Atesta, também, a conformidade legal dos artigos para serem introduzidos no mercado.

Quem define o valor do ouro?

O ouro e a prata são metais preciosos e, como tal, estão cotados em bolsa, sujeitos a variações diárias. A consulta permanente das cotações médias destes metais é um dos parâmetros para determinar o valor exato de cada peça.

O peso, a pureza do metal e a contrastaria também influenciam o valor final das peças de ouro.

Há valores de referência para venda de ouro?

Sim. Conforme referimos anteriormente, o ouro está cotado em bolsa. Para que possa acompanhar a evolução diária do valor do ouro, a Unicâmbio disponibiliza-lhe os seguintes endereços:

4. Como é feita a avaliação do ouro no momento da venda?

As equipas da Unicâmbio são compostas por profissionais qualificados, com formação específica em avaliação de metais preciosos como o ouro e a prata. A avaliação gratuita disponível nos nossos balcões obedece a critérios rigorosos e bem definidos. Confira este processo.

A avaliação do ouro é gratuita?

Sim. A Unicâmbio faz uma avaliação gratuita de todo o seu ouro, mesmo que no final opte por não vender. O nosso compromisso é esclarecer o cliente. A decisão de vender é sempre sua.

A avaliação do ouro é feita como? (É online, por telefone ou presencial)

Uma correta avaliação do ouro tem de ser realizada presencialmente. Só assim os profissionais da Unicâmbio podem analisar com rigor o real valor das peças de ouro.

Quais as razões para não poder ser feita online?

Por uma questão de transparência. A avaliação de peças de ouro é um processo que implica o contacto com os artigos. Apesar da qualidade das novas tecnologias de comunicação ser cada vez maior, ainda não é possível determinar o valor de metais preciosos à distância.

Quanto tempo demora a avaliação do ouro?

A duração de uma avaliação de peças de ouro depende sempre do número de artigos apresentados pelo cliente. Por norma, trata-se de um processo rápido que pode variar entre os 5 e os 15 minutos.

A avaliação do ouro é feita por especialistas?

Sim, as nossas equipas estão qualificadas para realizar avaliações a qualquer tipo de peça em ouro ou prata. Basta agendar uma avaliação gratuita para o balcão e momento que lhe forem mais convenientes para dar início ao processo.

5. Como é efetuado o pagamento na venda de ouro?

Após a avaliação às características das peças de ouro, a equipa da Unicâmbio define o valor que o cliente vai receber. A transação é feita em segurança, seja em numerário ou transferência bancária. Reforçamos que a decisão de vender é sempre sua. Saiba como se processa o pagamento.

Recebo na hora em que vendo o ouro?

Sim. O pagamento do valor definido é sempre realizado na hora. Se aceitar vender ouro nos balcões da Unicâmbio, não sairá das nossas lojas sem o devido valor nas suas mãos.

Na venda de ouro o pagamento é em numerário ou transferência bancária?

Até a um valor máximo de 3 mil euros, os pagamentos podem ser feitos em numerário. Porém, caso o cliente assim o entenda, o pagamento pode ser realizado via transferência bancária. Para isso, basta que apresente o comprovativo de que é titular da conta.

Nesta fase acreditamos já ter esclarecido todas a suas questões sobre o processo de venda de ouro. Se, ainda assim, está na dúvida se deve ou não vender o ouro usado que tem em casa, consulte o nosso artigo “Vender ouro usado que adquiriu ou herdou: saiba como”. Todas as peças merecem uma nova vida.